Dedo de prosa com a Escola Agro – #7

Dedo de Prosa
Olá, gostaríamos de compartilhar contigo algumas notícias e informações relevantes do agronegócio. Boa leitura.
 

Saiu o Plano Trienal do Programa de Subvenção 2019-2021: O Comitê Gestor Interministerial do Seguro Rural aprovou o Plano Trienal do Programa de Subvenção (PTSR), trazendo as diretrizes para o período de 2019 a 2021. O número de beneficiados vem caindo nos últimos anos, por conta de limitações orçamentárias, isso tem reduzido a quantidade de produtores beneficiados. Neste novo plano, há importantes modificações, como a redução do percentual da subvenção, com o objetivo de ampliar a base de atendimento.


Matriz energética brasileira se destaca como a menos poluente:  A Agência Internacional de Energia (AIE) afirmou em estudo que o Brasil é o país que apresenta a matriz energética menos poluente do mundo e com a maior participação de combustíveis renováveis. Faz pouco mais de um ano que o governo brasileiro decidiu se associar à AIE, junto com outros países que representam 70% do consumo global de energia no mundo.


ONG classifica Código Florestal como a lei mais rígida do mundo:  A Solidaridad, uma organização não governamental (ONG) classificou o Código Florestal do Brasil como a legislação ambiental mais rígida entre os países produtores de soja durante evento em Belém (PA). O encontro teve como objetivo discutir estratégias para o aumento de produtividade agrícola de forma sustentável, trazendo a participação de produtores, entidades e investidores da Argentina, Bolívia, Brasil, China e Paraguai e Peru.


Governo chinês quer fortalecer a agricultura doméstica do país: Em meio aos conflitos comerciais com os Estados Unidos, o governo chinês está fortalecendo a agricultura doméstica afim de se resguardar, principalmente, quanto ao consumo de grãos que estão mais caros para os importadores locais. O Ministério da Agricultura e Assuntos Rurais da China divulgou a construção de 254 “cidades industriais agrícolas fortes” como modelos para o país. O anuncio demanda atenção para quem trabalha com a soja no Brasil, visto que a China é o principal país importador da oleaginosa.


VBP 2018 foi o menor dos últimos quatro anos: A estimativa do Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) de 2018 no Brasil é de R$ 578,2 bilhões, o menor dos últimos quatro anos. A redução do valor de produtos relevantes como arroz, cana-de-açúcar, feijão, laranja, mandioca e milho foi o principal fator que afetou o resultado. Os prognósticos para a próxima safra, é de que o VBP esteja em R$ 584,7 bilhões, pouco acima do estimado para este ano.


BTG estima que R$ 451 bilhões podem ingressar no mercado brasileiro: De acordo com o BTG Pactual, a chegada de Jair Bolsonaro à presidência vem ampliando a confiança dos investidores ao Brasil à medida que as políticas econômicas se tornam claras e o resultado disso pode trazer ao mercado de ações um cenário de aproximadamente R$ 451 bilhões, indicando em seus cálculos que as entradas de fundos mútuos de ações internacionais em ações brasileiras podem ser enormes.

Menu