Atraso na semeadura de soja e milho dos EUA, vendas no Brasil avançam, recuperação judicial preocupa MT, queda na projeção do PIB…

Dedo de Prosa

Atraso na semeadura de soja e milho dos EUA, impulsionam cotações: Os contratos futuros de milho na Bolsa de Chicago atingiram seu maior nível em quase um ano, em decorrência do clima chuvoso no Meio-Oeste dos Estados Unidos, que traz preocupações a respeito da semeadura do cereal que já acumula um atraso de 31 p.p. em relação à média dos últimos cinco anos. Já as cotações da soja, também tiveram altas devido aos atrasos no cultivo, pois a semeadura fechou a última semana com 28 p.p. a menos que a média dos últimos 5 anos. O momento é de alerta, pois boas oportunidades de comercialização estão acontecendo, e novas altas podem ocorrer se o clima continuar trazendo chuvas volumosas na região produtora dos EUA.

Avançam as vendas de soja no Brasil, influenciadas pela  alta do dólar e prêmio de exportação: A alta de cerca de 4% do dólar ante o real na última semana, mais a elevação dos prêmios exportação, colaboraram para o avanço nas negociações de soja no Brasil. Ou seja, em breve o dinheiro deve começar a rodar novamente dentro da cadeia da soja, uma vez que temos observado uma paradeira neste setor havia meses.  

Recuperação judicial traz conflito e preocupações em Mato Grosso – Embora a escala de pedidos de recuperação judicial (RJ) no Brasil não se compare ao problema enfrentado por produtores norte-americanos, o número é crescente, tem provocado conflitos e traz preocupação ao setor. Existem problemas de disputas comerciais pelos grãos, nos casos de operações de barter, e também diversos outros problemas com demais credores. Esta escalada de RJ pode impactar no custo do crédito de todo o setor, e devemos estar atentos a sua evolução.

Voltam a cair as projeções para PIB brasileiro: As expectativas para a economia e a produção industrial, voltaram a cair, segundo a pesquisa Focus, divulgada pelo Banco Central. Para o PIB, a estimativa de crescimento para 2019 é de 1,24%, abaixo da semana passada, com a indústria caindo 0,23 p.p., a 1,47%. A pesquisa semanal traz ainda uma expectativa de aumento na taxa básica de juros Selic para 2020, passando para a taxa de 7,5%a.a.. Essas informações impactam diretamente o agronegócio, sobretudo no crédito rural, que pode ficar mais caro e restrito para o próximo período.

Vietnã avalia abrir mercado para o boi em pé do Brasil: Na reta final de sua missão comercial à Ásia, a ministra da Agricultura disse esperar que dentro de 30 dias sejam anunciadas as aberturas do mercado do Vietnã para as exportações brasileiras de gado em pé e melão. Em contrapartida, o Brasil deverá abrir as portas para camarão e peixes vietnamitas. Os vietnamitas também informaram que sua demanda por algodão, soja e milho é cada vez maior, e que o Brasil poderá preencher esse espaço. Em meio às disputas comerciais, qualquer novo mercado que o Brasil consiga colocar seus produtos, é mais uma oportunidade de ampliar nossa produção, e distribuirmos renda em nosso país.

Peste na China impulsiona abates de suínos no Brasil: O IBGE informou que o abate de suínos cresceu 5,2% no Brasil no primeiro trimestre de 2019, quando comparado com o mesmo período de 2018, chegando a 11,27 milhões de cabeças. O crescimento foi motivado pelo aumento das exportações brasileiras, aquecidas pelo aumento da demanda, em decorrência da crise gerada pelo surto de peste suína (PSA) na China. Esse aquecimento das vendas, tende a impactar as outras carnes (frangos, bovinos e peixes), além de trazer oportunidades para os grãos, principalmente soja e milho.

Boas expectativas para o boi gordo:  A oferta de gado regulada, com uma demanda externa aquecida, tem sido suficiente para manter os preços da arroba sustentados em plena safra, com frigoríficos ofertando até R$ 2,00 a mais por arroba para os animais que atendam critérios de qualidade para exportação. As expectativas são positivas para maio, pois é possível que as vendas externas, registrem o maior volume desde setembro do ano passado. Este panorama de mercado, deve trazer bons resultados para a quem trabalha com engorda, pois ainda há oferta de animais para serem engordados em confinamento.

Menu